Vermelho 27 ou Preto 17?

A sexta-feira passada, logo após a publicação da última coluna,  trouxe excelentes notícias. A primeira delas foi a transferência do abundante zagueiro Diego Jussani pro Vila Nova de Goiás. O que particularmente não entendi, pois a arroba de boi gordo está mais valorizada em Belo Horizonte do que em Goiás, conforme o site do Canal Rural.

A transferência do nosso ex-capitão me parece um golpe de mestre, uma vez que o único fiador de sua presença no time, inclusive como capitão, era Givanildo. Mesmo que uma catraca do Independência fosse contratada como novo técnico do Coelhão,  certamente  perderia a titularidade. E obviamente, deixaria de ser capitão. Se fosse pro banco, o máximo que poderia ser era gerente.

Torço para que o jogador encontre sua forma e seu futebol no Vila. Em campos mineiros, mostrou apenas preguiça, desânimo e falta de técnica, a ponto de ser xingado constantemente pelos colegas.

Interesse Sino-Búlgaro

A segunda boa notícia é o interesse chinês em investir 200 milhões de reais no time do América. Logo em seguida, apareceu também uma carta de intenções do consulado da Bulgária, com o mesmo objetivo mas sem valores.

Como no tango de Herivelto Martins( Aqui ), imortalizado por Nelson Gonçalves, estamos entre o Vermelho 27 (a sorte na roleta) e o Preto 17 (a perda de tudo que se conquistou). Entendo que uma parceria adiantaria um sucesso que se fizéssemos tudo certo, chegaria em uns 10 anos. Mas se não for bem feita, podemos regredir.

No final do último programa, falamos um pouco sobre isso. O América está em uma posição privilegiada para atrair investidores, que tem fugido da Europa devido a mudanças fiscais e regulatórias. Somos um time com dívida relativamente baixa, patrimônio farto, um estádio moderno, política interna pacificada, categoria de base funcional e produtiva e baixíssima rejeição em termos de marketing.

Considero que a parceria, seja ela qual for, deve começar com uma auditoria de ambos os lados de forma que todos saibam claramente onde estão se metendo. Essa providência já está sendo tomada. Além disso, precisamos ter salvaguardas que nos protejam caso o parceiro pule fora do barco, para evitar um caso semelhante a Parmalat no Palmeiras. Além disso, sou contra a cessão completa de direitos dos jogadores da base, pois entendo que a manutenção de uma parte dos percentuais é essencial no caso de uma super valorização.

Parafraseando o amigo Maurício Kfoury, da Turma do Fundão, uma parceria como essa profissionaliza todos os setores do clube, traz torcida, mídia e oportunidades. A ideia é produzir um ciclo virtuoso.

Treino do América MG

Créditos : Mourão Panda (@photompanda) / América MG

Novo técnico

Gostei da contratação de Maurício Barbieri, que tem um perfil interessante. Para me deixar mais satisfeito, sua primeira escalação para o jogo de amanhã é muito semelhante a que propus no último programa. Veremos se a mudança de técnico produz resultados, mas é preciso tempo e paciência.

 

Créditos da Imagem de Capa: Mourão Panda (@photompanda) / América MG

Um comentário sobre “Vermelho 27 ou Preto 17?

  1. Pingback: E se ganharmos na Mega? | Decadentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s